O Google aprimora o chatbot Bard com IA ‘Gemini’ na corrida contra o ChatGPT

Publicado em

Google aperfeiçoa Bard com inteligência artificial avançada ‘Gemini’

O Google, após um extenso processo de pesquisa e desenvolvimento que durou mais de oito meses, acaba de apresentar sua mais avançada inteligência artificial. Embora nem todas as peças devam estar disponíveis ao público em geral, esta atualização representa um avanço significativo na tecnologia da empresa.

Introdução à Era de Gêmeos

A gigante tecnológica deu um passo importante na competição tecnológica, lançando uma nova versão do Bard, o seu chatbot, que agora é reforçado pela avançada tecnologia AI Gemini. Este chatbot atualizado está atualmente disponível para usuários que falam inglês em mais de 170 territórios e países, com disponibilidade começando imediatamente.

Nas palavras de Sundar Pichai, CEO do Google, “Estamos testemunhando o início da era Gemini”, associando este marco à visão original da criação do Google DeepMind, o laboratório de IA da empresa. A intenção do Google é implementar três versões diferentes desta tecnologia em uma gama diversificada de produtos e serviços nos próximos meses.

As vantagens do Gemini em relação às versões anteriores

As principais vozes do Google DeepMind, incluindo o diretor Demis Hassabis, observaram que o Gemini tem capacidades superiores às tecnologias anteriores de chatbot do Google, gerando respostas mais precisas e aproximando-se da simulação do raciocínio humano em algumas situações específicas.

O desenvolvimento do Gemini começou no início deste ano como parte de um esforço do Congresso para corresponder às capacidades apresentadas pela startup de inteligência artificial OpenAI de São Francisco e seu chatbot inovador, ChatGPT.

LER  Descubra as diferenças fundamentais entre Gemini e ChatGPT

As capacidades multifacetadas do Gemini

O Gemini se destaca por ser projetado não apenas para analisar textos, mas também imagens e sons. Apesar disso, a integração destas habilidades de análise de imagem e som no chatbot Bard será implementada posteriormente.

As diferentes versões de Gêmeos

O Google desenvolveu três variantes do Gemini, cada uma com suas próprias habilidades. O mais avançado, ‘Ultra’, terá como missão gerenciar tarefas complexas e será lançado no próximo ano. ‘Pro’, uma versão intermediária, será integrada a inúmeros serviços do Google. Por fim, a versão ‘Nano’ vai potencializar alguns recursos do smartphone Pixel 8 Pro.

Cada variante do Gemini é um exemplo do que os cientistas chamam de modelos de linguagem em larga escala (LLMs), que são sistemas matemáticos complexos que aprendem habilidades através da análise de grandes quantidades de dados.

Serviços do Google Cloud e concorrência de mercado

O Google Cloud, que oferece inteligência artificial e serviços de computação para outras empresas, está ansioso para fornecer aos clientes a tecnologia Gemini, enquanto continua na disputa por contratos com a OpenAI e a Microsoft. O plano do Google é disponibilizar o Gemini Pro para clientes da nuvem a partir de dezembro deste ano.

Apesar do ritmo acelerado para recuperar a liderança em IA da OpenAI, Pichai reconhece que o mercado é grande o suficiente para acomodar vários fornecedores de IA, sinalizando um grande entusiasmo pelos próximos lançamentos.

Conclusão

Em resumo, o Google está atualizando sua oferta de chatbot com a implementação do Gemini, um projeto ambicioso que promete melhorar o desempenho anterior e competir de perto com o ChatGPT. Isto reflete um avanço significativo do Google na esfera da inteligência artificial e demonstra a rápida evolução do campo.

Photo of author
Olá! Eu sou o Arnaud, um redator web especializado em informática, com 32 anos de idade. Nasci de um pai francês e uma mãe brasileira, e moro em Paris desde sempre. Aqui você encontrará tutoriais e artigos sobre diversos temas relacionados à tecnologia. Seja bem-vindo ao meu site!