OpenAI confirma que ChatGPT está mais ‘preguiçoso’: O que isso significa para a inteligência artificial?

Publicado em

ChatGPT e Sua Recente “Preguiça”: Reflexões sobre a IA

Recentes notificações de internautas indicam uma redução no dinamismo do ChatGPT, o assistente virtual da OpenAI. Em face de críticas, a própria empresa reconheceu este comportamento menos proativo.

Comunicação Oficial da OpenAI

A OpenAI fez um pronunciamento onde relatou estar ciente da diminuição na atividade do ChatGPT, sem, entretanto, ter feito quaisquer atualizações deliberadas após 11 de novembro. Eles informaram que a previsibilidade não é uma característica constante do modelo, algo que vem sendo ajustado.

  • Acompanhamento: GettyImages reporta que não é a primeira vez que o ChatGPT exibe tal apatia, tendo sido referido como menos inteligente desde meados de 2023.

Impacto no Desempenho do GPT-4

Utilizadores do Reddit salientaram que o assistente tem dado respostas menos elaboradas e às vezes até ignora algumas solicitações.

  • Análise: respostas abreviadas no Reddit e solicitações ignoradas.

A despeito dos comentários sobre o ócio do sistema, a OpenAI não forneceu uma explicação concreta para a performance debilitada.

A Perspectiva de Usuários e Especialistas

A comunidade online já havia levantado questões sobre a efetividade do ChatGPT antes, citando lentidão e respostas menos inteligentes.

  • Observação: Queixas quanto à lentidão e suposta simplificação na inteligência da IA se manifestam desde julho.

Cenário Corporativo Atual

O cenário corporativo também está em agitação com o retorno de Sam Altman como CEO da OpenAI. Além disso, há uma investigação em andamento pela CMA do Reino Unido sobre a parceria e investimentos entre a OpenAI e a Microsoft, esta última detentora de uma substancial participação na startup.

LER  O Papa e a Inteligência Artificial: Rumo à Fraternidade e à Paz

Conclusão

Enquanto a OpenAI se empenha para resolver a questão da aparente “preguiça” do ChatGPT, esta fase põe em evidência a complexidade e os desafios inerentes ao comportamento de modelos de inteligência artificial. A comunidade espera ansiosamente por melhorias e um desempenho mais consistente dessa tecnologia que vem redefinindo interações digitais.

Photo of author
Olá! Eu sou o João, tenho 23 anos e sou estudante de engenharia robótica. Nos meus tempos livres, também atuo como redator web.